Epitáfio e haikai – exercite sua criatividade

18 06 2009

Já que da morte não escaparemos e parece que a vida é melhor com ela do que sem (difícil pensar assim antes de ler As intermitências, não é mesmo?), o melhor é aprender a conviver com ela. Saber que um dia não estaremos mais aqui é (olha que coisa mais barroca) nos responsabilizarmos por aproveitar o nosso tempo do melhor jeito. O que é esse melhor jeito, a melhor maneira de viver, aí é uma outra conversa. Talvez eu, vocês e o restante da humanidade inteira nunca consigamos descobrir uma resposta para isto. Mas não podemos deixar de perguntar, não é mesmo?

Por isso eu quero fazer com vocês um exercício de imaginação e de criatividade. Como vocês querem ser lembrados? Que marcas na vida das outras pessoas e no mundo vocês querem deixar? Hoje, agora, como vocês pensam que vocês devem viver a vida que vocês têm disponível para vocês?

Os epitáfios são as inscrições que parentes ou amigos deixam nos túmulos de seus entes queridos. Neles costuma-se destacar as características mais marcantes da pessoa que se foi. Alguns epitáfios são citações de versículos bíblicos, outros de declarações filosóficas ou de versos.

Que palavras vocês gostariam que fossem usadas para assinalar quem vocês foram na Terra? Para construir o epitáfio de vocês, vocês poderão lançar mão de duas coisas:

1 – Uma citação (pode ser bíblica, poética, filosófica, não importa)

2 – Um haikai feito por vocês mesmos.

Não sabe o que é um haikai? Eu explico!

Haikai é uma estrutura poética japonesa originária do século XVI. Os haikais são poemas de três versos e 17 sílabas poéticas (geralmente distribuídas em 5-7-5). De uma maneira geral a temática de um haikai é uma impressão filosófica do eu lírico sobre um fenômeno natural, uma ação, uma imagem ou um fato da vida. Assim, o haikai é uma espécie de olhar fotográfico. Na tradição japonesa, os haikais são sóbrios e pouco ou nada apresentam sobre os elementos internos do eu lírico. Modernamente, os vários poetas que fizeram uso do haikai (aqui no Brasil, por exemplo) minimizaram este caráter objetivo do haikai, dando conotações emotivas a ele. Veja alguns exemplos:

pássaro preto
tem irmão na gaiola:
pássaro preso
(Carlos Seabra)

Dia de Finados
Formigas carregam
Pétalas que caem.
(Jorge Lescano)

Pintou estrelas no muro
e teve o céu ao
alcance das mãos
(Helena Kolody)

Detalhe: o melhor haikai, a ser escolhido por júri especializado, receberá uma premiação especial surpresa quando encerrarmos o fórum.


Anúncios

Ações

Information

229 responses

19 06 2009
Isabela Buarque

1. Eu acho que uma ótima forma de ser lembrado, mesmo depois de morto, é publicando um livro. De certa forma, isso faz com que a pessoa se imortalize.

2. Eu aprendi que é importante procurarmos falar e fazer coisas que edifiquem a vida de outras pessoas. É muito interessante também, ao nos relacionarmos com os outros, pensarmos sempre se estamos sendo benção para a vida deles.

3. Penso eu que a vida precisa ser muito bem aproveitada e boas oportunidades não podem ser desperdiçadas! Porém temos sempre que nos lembrar que “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas me convêm.” Nós plantamos o que colhemos, por isso precisamos estar muito atentos às decisões que tomamos. E viver alegre e com paz no coração, independente de situações adversas!

4. Uma citação: “Retendo a palavra da vida, para que no dia de Cristo possa gloriar-me de não ter corrido nem trabalhado em vão.” Filipenses 2.16

Um haikai:

Todo dia o sol levanta
E a gente canta
O sol de um novo dia.
(Caetano Veloso “Canto de um povo de um lugar” )

22 06 2009
Wellington de Melo

Aqui viveu: pó.
Por ser dor e solidão
neste mundo cão.

22 06 2009
stefanjr

Corrigindo o meu:

Luta sem cessar,
Munido de Rock’n’roll.
Destino: céu, ou inferno?

Stefan Jr. – 1º D

23 06 2009
arícia acioly

A ternura e a bondade feita em uma só pessoa
Alegre e triste como um pássaro a cantar,
Que vive de sonhos lindos,
Que vive a procura de um amor,
Que ama e quer ser amada,
E não importa o jeito que for ,
A pessoa mais alegre do mundo.

25 06 2009
Pedro Luiz

“Não sei quanto aos anjos, mas é o medo que dá asas ao homem.”
(Max Payne)

26 06 2009
Isabella Quaranta

então se foi só
elevou-se às estrelas
morreu de paixão

28 06 2009
Raphael Morant

Espada mata
Escudo protege, mas
As lembranças vivem.

29 06 2009
fratianne

Quando o dia se vai
Por uma fresta nas nuvens
Surge a noite escura.

Fratianne Giselle Cavalcanti Leal 1º F

30 06 2009
priscilajales

O fim já chegou
E tudo o que tinha findou
porém guardou-se o amor.

Priscila Jales 1º E

P.S Deve ter ficado horrível, mas tentei :). O de Welli tá perfect

30 06 2009
abelardoneto

“Minha dor é perceber que apesar de termos feito tudo que fizemos , ainda somos os mesmo e vivemos como os nossos pais.” (Elis Regina)

1 07 2009
Professora Bianca

Isabela Buarque,

Ótima participação.

Uma pequena correção: a citação de Caetano não pode ser considerada um haikai por dois detalhes – é um trecho de uma obra maior (um haikai é um poema independente) e somando as sílabas poéticas, temos 18 e não 17! Mas está quase lá! 😀

1 07 2009
Professora Bianca

Muito bom, Stefan!
Difícil encaixar a métrica né? Dá um trabalho!

1 07 2009
Professora Bianca

Arícia,

Foi você quem escreveu esse texto? É muito bonito!

1 07 2009
Professora Bianca

Raphael Morant, Fratianne e Priscilla,

Não são hakais tradicionais (5-7-5), mas têm 17 sílabas. Tão valendo!

1 07 2009
Professora Bianca

Vou deixar hoje uma citação… ainda estou pensando no meu haikai.

“O que te escrevo continua e estou enfeitiçada”
(Clarice Lispector, “Água Viva”)

1 07 2009
Professora Bianca

Abelardo,

Embora Elis cante essa música, a letra não é composição dela. Então a referência da sua citação tem que ser a Belchior, tá?

2 07 2009
Lucas Cunha

fico assim só
esperando ao luar
só você passar
Lucas Cunha 1º A

4 07 2009
Isabela Buarque

Um haikai (autoria própria)

O mar me conduzia,
O céu azul me envolvia.
Calmaria… felicidade plena.

Prof. você pode conferir se está correta a forma?

6 07 2009
Maria Isabella

“Nesta catedral,
quando arde o sol, toda tarde,
sangra este vitral”
(Jorge Fonseca Júnior )

Maria Isabella,1ºF

6 07 2009
luizhenriqueramos

Meu epitáfio:

Sofrimento, atribulações, angústias… se tais lembranças da vida são possíveis no Além, peço veementemente ao bom Deus que me conceda esquecê-las.

(Autor : eu :D)

6 07 2009
luizhenriqueramos

Tanatofobia
Não sei pr’onde vou
Pr’onde fui
Nem pr’onde ia !

Autor : EU 😀

7 07 2009
lucasgcc

Pintou estrelas no muro
e teve o céu ao
alcance das mãos

(Helena Kolody)

Lucas Cunha 1ºA

7 07 2009
Paula Fernanda

“Por que você me pergunta?
Perguntas não vão lhe mostrar
Que eu sou feito da terra
Do fogo, da água e do ar…”
(Gita – Raul Seixas)

Paula Fernanda – 1ºB

9 07 2009
Professora Bianca

Lucas e Isabela Buarque,

A métrica dos haikais de vocês precisa ser revista! Estão sobrando/faltando sílabas!

9 07 2009
Professora Bianca

Luiz Henrique,

AMEI seu texto!!! Se você considerar a palavra Tanatologia como parte dele e não coo título ele fica um haikai sim (embora não um haikai tradicional).
AMEI AMEI AMEI!

10 07 2009
mateus00vieira

“Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas”
(Antoine de Saint-Exupéry, O pequeno príncipe.)

Mateus Vieira-1º A

10 07 2009
mateus00vieira

uma paixão,
uma utopia de vida,
C’est La Vie.

Mateus Vieira-1º A

13 07 2009
Professora Bianca

Mateus,

Seu texto tem menos sílabas poéticas que um haikai! Você precisa adequar a métrica.

14 07 2009
mateus00vieira

uma canção inacabada,
uma utopia de vida,
apenas: C’est La Vie.

Mateus Vieira 1º A

Bianca, melhorou?

15 07 2009
Isabela Buarque

Aah, vou te contar, que complicação esse negócio das sílabas do haikai… Já desisti de fazer um. Sério, não entendi direito esse negócio.

17 07 2009
Thereza

viveu cada segundo,
sonhou acordada,
em frente ao mar.

Thereza Gibson – 1B

18 07 2009
kamilasouza

“A imaginação é mais importante que o conhecimento”
(Albert Einstein)

“Se os homens compreendessem mais, julgariam menos”
(Horivaldo Gomes)

“Tudo que realizei ou tive esperança de realizar, e o que talvez ainda realize, foi e será resultado de esforços que, com a persistência da formiga, formam o gênio do conhecimento, o conjunto da minha cultura universal”
(Elihu Burritt)

Kamila Barreto. – 1º A

19 07 2009
marianaleal

Se pudesse escolher uma citação para colocar no meu epitáfio, para relembrar a forma como vivi a vida, escolheria essa:

“É melhor tentar e falhar, que preocupar-se a ver a vida passar. É melhor tentar, ainda que em vão, que sentir-se fazendo nada até o final. Eu prefiro na chuva caminhar, que em dias tristes em casa me esconder. Prefiro ser feliz, embora louco, que em conformidade viver.”
(Martin Luther King)

MARIANA SANTOS LEAL DE ALBUQUERQUE – 1º E

22 07 2009
Isaac Tôrres

1. Professora, embora tivesse que citar algo, tamanho importa? É claro que eu nâo colocaria isto em um lápide, porém…:

Era um cidadão comum
Como esses que se vê na rua.
Falava de negócios, ria,
Via show de mulher nua.
Vivia o dia e não o sol,
A noite e não a lua.

Acordava sempre cedo,
Era um passarinho urbano.
Embarcava no metrô,
O nosso metropolitano.
Era um homem de bons modos:
“Com licença”, “Foi engano”.

Era feito aquela gente
Honesta, boa e comovida.
Que caminha para a morte,
Pensando em vencer na vida

Era feito aquela gente
Honesta, boa e comovida.
Que tem no fim da tarde
A sensação da missão cumprida.

Acreditava em Deus
E em outras coisas invisíveis.
Dizia sempre “sim”
Aos seus senhores infalíveis.
Pois é, tendo dinheiro,
Não há coisas impossíveis.

Mas o anjo do Senhor,
Do qual nos fala o livro santo,
Desceu do céu pra uma cerveja
Junto dele no seu canto.
E a morte o carregou
Feito um pacote no seu manto.

Era feito aquela gente
Honesta, boa e comovida.
Que caminha para a morte,
Pensando em vencer na vida

Era feito aquela gente
Honesta, boa e comovida.
Que tem no fim da tarde
A sensação da missão cumprida.
(Belchior- Pequeno Perfil de um Cidadão Comum)

2. um gosto de amora

comida com sol.

A vida chama-se agora
(Guilherme de Almeida)

Isaac Tôrres, 1° E

22 07 2009
Isaac Tôrres

Corrigindo o haikai do item anterior:

Dia de Finados
Formigas carregam
Pétalas que caem.

Jorge Lescano

Isaac Tôrres, 1° E

22 07 2009
Mozyr Sampaio

casa fantasma
cheia de habitantes
feitos de plasma

(Carlos Seabra)

Mozyr Sampaio 1º E

22 07 2009
Mozyr Sampaio

Vão-se as alegrias, os abraços as velhas brincadeiras e só o que fica são ossos, dor, tristes sentimentos e lembranças.

Mozyr Sampaio

22 07 2009
Professora Bianca

Mateus,

Ainda está fora da métrica padrão. Você fez um terceto 7-6-6!

22 07 2009
Professora Bianca

Isabela Buarque,

A metrificação de qualquer poema é uma técnica que requer costume mesmo! Mas com prática e atenção, logo logo você pega o jeito.
Para ajudar você e a todos os outros que estiverem com dúvidas, vamos lembrar os princípios básicos de metrificação.

1 – Só contamos até a última sílaba tônica do verso.
Usando exemplos daqui do fórum: no primeiro verso das duas versões do haikai que Mateus postou, temos:

Versão 1 “u/ma/ pai/xão,” – 4 sílabas
Versão 2 “u/ma/ can/ção i/na/ca/ba/da,” – 7 sílabas

Veja que no primeiro caso a palavra que encerra o verso tem a sílaba tônica na última sílaba. Então, contamos até ela. Mas no segundo caso a palavra inacabada tem como sílaba tônica a penúltima. Por isso, desprezamos a última sílaba na contagem.

2 – Observamos as ocorrências de elisão e de hiato nas sílabas poéticas
Escrever versos tem uma diferença fundamental do ato de escrever em prosa: a sonoridade e o ritmo. O poeta que escreve em verso (em poesia tradicional, pelo menos) considera a palavra não na sua forma escrita, mas na sua forma falada – afinal, a poesia teve sua perpetuação, no início da humanidade, irmanada com a música . Por isso é preciso contar as sílabas não como elas são escritas, mas como são pronunciadas. Na prática, temos que observar se na ordem das palavras, ao pronunciá-las, juntamos sons que deveriam estar separados, ou se separamos sons que na escrita deveriam estar juntos.
A junção dos sons vai acontecer quando uma sílaba termina em vogal (ou é a vogal ou um ditongo sozinho) e a seguinte se inicia por vogal, sendo que um som é obrigatoriamente átono. Usando outro texto do fórum, a citação que Lucas postou como haikai, como exemplo, observe só:

“Pin/tou es/tre/las/ no /muro” – 6 sílabas
“E/ te/ve o/ céu ao” – 4 sílabas

Veja que no primeiro verso existe uma elisão do ditongo ou, que é decrescente, com o es. No segundo verso há duas elisões: o ve, de “teve”, com o artigo o, e o ditongo tônico decrescente éu com o ditongo (veja que o “o” tem som de “u”, funcionando como semivogal) também descrescente ao.

Seguindo essas duas regras, você tem a metrificação de qualquer poema. No caso do haikai tradicional, existe a exigência de que o texto seja formado pela sequência 5-7-5, mas autores contemporâneos fazem haikais com mais versos ou com a distribuição da métrica de forma diferente. O importante, para eles, é a manutenção da temática e do tom de sobriedade e da soma das 17 sílabas poéticas, independente da quantidade de versos ou de sílabas por verso.

Quem quiser consultar mais referências sobre isso, acessem estes links:
http://www.spectrumgothic.com.br/literatura/elementos.htm
http://recantodasletras.uol.com.br/teorialiteraria/134328
http://www.compadrelemos.com/visualizar.php?idt=1021085

O último, por sinal, traz elementos interessantíssimos sobre o cordel. A poesia de cordel leva os modelos de metrificação e de versificação muitíssimo a sério. Cordelistas e repentistas são verdadeiros mestres em metrificação e versificação, e fazem isso com uma agilidade impressionante!

22 07 2009
Professora Bianca

Thereza,

A imagem do seu haikai está belíssima! Você precisa apenas ajusta a métrica.

22 07 2009
Professora Bianca

Issac,

Amei a citação de Belchior, linda, linda! E a de Guilherme de Almeida também.
Só não dá para aceitar o haikai de Jorge Lescano: ele foi citado por mim mesma, na abertura do tópico! 😛

22 07 2009
Professora Bianca

Mozyr,

A primeira citação que você fez, de Carlos Seabra, eu entendi que seria uma citação de haikai. Embora seja muitíssimo interessante para o contexto do nosso tópico, não é um haikai, tá? Fica valendo como citação.

23 07 2009
Rebeca Fernandes

No arco-íris
Os sonhos coloridos
A chuva leva
(Núbia Parente)

Borboleta azul
raspa este céu de mansinho
insegura e frágil.
(Eolo Yberê Libera)

Ao pé da janela
dormimos no chão
eu e o luar
(Rogério Martins)

Teu azul profundo,
nos olhos do cristal tímido,
cintila o mundo
(Fred Matos)

Rebeca Fernandes – 1°A

23 07 2009
luizhenriqueramos

Isso prof… eu pus o tanatofobia como parte dele 😀 gostou né ? FORTE CANDIDATO AQUI !

23 07 2009
Rodrigo Lustosa

O pássaro parte
Levando dores e o passado
Voando sobre os mares.

-Tentei!

Rodrigo Lustosa, 1º F

23 07 2009
pwbs

“Pessoas sábias falam sobre idéias. Pessoas comuns falam sobre coisas. Pessoas medíocres falam sobre pessoas.”
(Sócrates)

Haikai

Mundo das letras
cheio de enigmas
e imaginação

Outros exemplos de haikai (http://seabra.com/haikai/)

Pedro Paulo 1F

25 07 2009
Alexandre Amorim

“A felicidade é recompensa do sofrimento”
(Alexandre Amorim 1°F)
Para se encontrar a felicidade, a luta, sofrimento, são obstáculos a ser batidos sem hesitar.

25 07 2009
Thereza

Bianca, eu acho que alterando assim fica na metrica:

viveu cada se gundo,
sonhou a cordada,
calada, frente ao mar.

25 07 2009
Alexandre Amorim

de colchão em colchão
chego à conclusão
meu lar é no chão

Paulo Leminski

Escolhi esse porque demonstra a persistência humana. Muitas vezes persistimos com uma coisa, mas a resposta para os problemas está bem embaixo do seu nariz e você não sabe…

26 07 2009
abelardoneto

Nasci, vivi só
vi, ouvi , e cresci só
Aprendi junto.

Abelardo Neto 1º ano D

26 07 2009
thiagocouceiro

Se você obedece todas as regras, acaba perdendo a diversão.
(Bob Marley)

26 07 2009
thiagocouceiro

Se você obedece todas as regras, acaba perdendo a diversão.
(Bob Marley)

Thiago Couceiro 1°E

26 07 2009
thiagocouceiro

É minha vida
Notas em harmonia
Música minha

Thiago couceiro 1°E

26 07 2009
beatriz

Todo aquele amor da primavera
Começou quando todas as flores se abriram
Acabou quando todas foram embora

Beatriz Marino Araújo 1ºA

26 07 2009
liviacaldas

“Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar. Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu.”

(Luiz Fernando Veríssimo)

Lívia Caldas 1º C

26 07 2009
danielbelian

Professora, com todo o respeito um vez eu li uma frase, embora num lugar bastante comum, mas eu me identifiquei bastante com ela.

“Não viva para que sua presença seja notada, mas para que sua falta seja sentida”

Não seria isso que eu poria em uma lápide minha, mas seria outra frase conhecida:

“Carpe Diem”

Que explica perfeitamente a melhor maneira (ao menos ao meu ver) de se aproveitar a vida.

27 07 2009
ulisses batista de oliveira salzano ferraz

assim que amores se vão
caimos ao chão
assim como petálas pétalas ao chão

Ulisses 1ºE

27 07 2009
alineholanda

“Quem tentar possuir uma flor, verá sua beleza murchando. Mas quem apenas olhar uma flor num campo, permanecerá para sempre com ela. Você nunca será minha e por isso terei você para sempre.”
Paulo Coelho

Aline Holanda 1º C

27 07 2009
alineholanda

o vento se foi
e levou a pétala
mas não a raiz

27 07 2009
Professora Bianca

Lindas citações, Rebeca! O primeiro e o terceiro textos me deixaram arrepiada!

27 07 2009
Professora Bianca

Luiz,

Gostei sim! Muitíssimo bem bolado!

27 07 2009
Professora Bianca

Rodrigo Lustosa,

A imagem está linda! Falta tirar só UMA sílaba! Você somou 18! Tenta de novo, você consegue!!!

27 07 2009
Professora Bianca

Pedro Paulo,

De quem é o haikai que você postou? Explique por favor a relação que ele tem com o tema da sua vivência e da morte. Não entendi!

27 07 2009
Professora Bianca

Thereza,

Fechou sim! Muito lindo o seu haikai!

27 07 2009
Professora Bianca

Alexandre,

Apropriadíssimo o haikai de Paulo Leminski! Ótima citação!

Não só pode-se fazer a interpretação dele da maneira que você citou como também de uma forma um poquinho mais literal: passamos a vida toda descansando em colchões, mas o nosso lar definitivo, o do descanso eterno, é o chão (pelo menos nos cemitérios em que enterrar as pessoas é uma coisa literal).

27 07 2009
Professora Bianca

Abelardo,

Belo texto! É sua proposta de haikai? Muito bom, só falta entrar na métrica: somou 15 sílabas!

27 07 2009
Professora Bianca

Thiago Couceiro,

Gostei da imagem. Mas falta o ajuste da métrica. O texto somou 14 sílabas.

27 07 2009
Professora Bianca

Beatriz,

Belo texto! É uma citação ou uma proposta para um haikai?

27 07 2009
Professora Bianca

Lívia,

Veríssimo é o máximo! Lindo pensamento!!

27 07 2009
Professora Bianca

Daniel,

Não entendi o “com todo o respeito”, não houve falta de respeito nenhuma no seu comentário!

Você acha que consegue lembrar onde leu esta frase? Ela é muito interessante!

Carpe Diem é sempre uma citação ótima!!

27 07 2009
Professora Bianca

Ulisses,

Texto bonito! É seu? Se for uma proposta de haikai, você precisa adequar a métrica: somou 21 sílabas. No caso deste texto, uma dica: como todos os versos terminam em ditongos nasais, estas sílabas são tônicas e são contadas, ok?

27 07 2009
Professora Bianca

Aline,

Que coisa LINDA! É sua proposta de haikai? Se for, só precisa de mais algumas sílabas! A soma dá 13!

27 07 2009
alineholanda

O vento se foi
e levou uma frágil pétala
mas não sua raiz

Agora dá ? 😛

27 07 2009
Professora Bianca

Aline,

Quase!!! Faltam duas!

27 07 2009
Professora Bianca

LN me pediu, faz um tempinho, para postar um haikai dela, que ela fez depois de uma conversinha que tivemos na sala dos professores. Acabei deixando pra fazer a postagem só agora, mas não estava esquecida não, é só pra aquecer mais os motores de vocês!

não estou AQUI
tô na vida verdadeira
nos vemos depois.
(LN Santos)

27 07 2009
alineholanda

o vento veio, se foi
e levou uma frágil pétala
mas não sua raiz

Aline Holanda 1º C

Não sou boa nisso, tá certo dessa vez ? 🙂

27 07 2009
Professora Bianca

Agora o MEU haikai lindo que deu um trabalhão pra fazer:

Sua descoberta:
bloqueio criativo – um encontro
com a felicidade
(Bianca Campello)

27 07 2009
Professora Bianca

“A mais premente necessidade de um ser humano era tornar-se humano.”
(Clarice Lispector – Uma aprendizagem ou O livro dos Prazeres)

27 07 2009
Ananda Franco de Sá

“Sorria mais e leve a vida simplesmente”
(Mart’nália)

Bi, acho que essa frase é dela mas não tenho certeza, não encontrei.

28 07 2009
Isaac Tôrres

Bianca, então fica o haikai de Guilherme Almeida mesmo, certo?

28 07 2009
Márcia

Foi quando se descobriu
Que o fim não mais havia
Senta, espera.

Márcia Barros C. Melo – 1ºE

28 07 2009
alexandreloureirofilho

Professora, eu tentei, mas não tive paciência para fazer um Haikai, entâo vai aí uma citação bíblica que eu gosto muito:

“Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; se, porém, não perdoardes aos homens, tampouco vosso Pai perdoará vossas ofensas.” (Mat 6:14-15)

Alexandre Loureiro 1 B

28 07 2009
pwbs

As coisas, em si mesmas, não são grandes nem pequenas, e quando nós consideramos que o universo é vasto, trata-se de uma ideia meramente humana.(Anatole France)

A morte é vasta
sem nossa ajuda
imagine com ela
(Pedro Paulo)

Pedro Paulo 1 F

28 07 2009
Mayana Maranhão

“A hora do encontro
É também despedida
A plataforma dessa estação
É a vida…”

(Milton Nascimento / Fernando Brant)

Mayana Maranhão 1º B

28 07 2009
osvaldohenriquec

Amores vêm e vão
como uma canção
que nunca esqueci

Osvaldo 1º ano A

28 07 2009
henriquefreire

“Oh! é excelente / A força de um gigante possuir, mas é tirania usá-la /
Se fores um gigante.”
-William Shakespeare, Measure for Measure

haikai

sonhos são fugazes
a realidade
é mais ainda
(anônimo)

Henrique Freire Colares 1ºD

29 07 2009
Artur Dubeux

Bianca, eu tentei fazer… ve vê se ficou certo.

Do pó que eu surgi
Ao pó que eu terminarei
Portanto: Sois pó

Artur Dubeux 1ºF

29 07 2009
Artur Dubeux

“A vida não é senão uma contínua sucessão de oportunidades para sobreviver”.
(Gabriel Garcia Marquez)

Artur Dubeux 1°F

29 07 2009
rafaelalves94

A vida é uma estrada
Em via única
Sem retornos

Rafael Alves 1º C

29 07 2009
cassandra14

Epitáfio: Meu Amor sempre foi todo, meu sorriso sempre contido, o meu olhar sempre sincero, minhas palavras as mais verdadeiras, os meus sentimentos os mais puros, agora descanso dessa vida e deixo a minha gratidão!

Feito por mim!

estrela cai na noite.
conto as outras no céu:
não falta nenhuma.
(Alaor Chaves)

29 07 2009
thiagocouceiro

silêncio
o passeio das nuvens
e mais nenhum pio
(Alonso Alvarez)

Thiago couceiro 1°E

29 07 2009
Guilherme França

Nasci normalmente
procurei a felicidade.
Morri, esperando.

Guilherme França 1ºA
(Não sei se ta está 100% a divisão silábica :s)

Os jovens bebem e são considerados loucos. Os cientistas constroem bombas e são considerados gênios. (Vi essa frase na internet, não lembro a fonte/autor)

29 07 2009
Gabriela Santos

“Linhas paralelas se encontram no infinito.”
(Caio Fernando Abreu)

Você não percebe
Mas veja,o tempo corre
E te leva junto

Gabriela Santos 1º B

29 07 2009
Paula Fernanda

Bianca, eu não sei se tá certa a questão da métrica, tive um pouco de dificuldade pra encaixar, mas tá aí o meu haikai.

Temeu a morte
Chorou por causa dela
Por final,
Juntou-se a ela

Paula Fernanda 1ºB

29 07 2009
Kevin Melo Accioly

Trilha da vida:
Caminhando pra sempre
Sobre enigmas
(Kevin)

29 07 2009
marinapedrosa

Eu fiz um poema, será que dá na lápide? 😛

Na barca de Caronte

Enxergarei frio
Sentirei escuridão
Viajarei nada
Apalparei solidão

Da vida uma certeza:
Guardarei na pele, calor
na retina, luz
e no coração vocês!

Marina Pedrosa

Pensamentos:
Se me perguntassem, se eu preferia não ter vivido para não sentir a dor de ter que um dia partir, responderia que não! Também não vou mentir que não me sinto traída, nem furiosa, por terem me dado um mundo, o tudo, e depois, sem hesitação, me tiram o tudo, e agora terei que me contentar com o nada. Mas é verdade que nunca saberia o que era o nada, se não tivesse tido o tudo, assim como não saberia o que era a vida se não houvesse a morte.
Eu não me arrependo de viver!

Marina Pedrosa 1 A

30 07 2009
Danilo Galindo

“Vou apertar, mas não vou acender agora”
Bezerra da Silva

30 07 2009
mariaeduardav

“Tem dias que a gente se sente
Como quem partiu ou morreu
A gente estancou de repente
Ou foi o mundo então que cresceu”
Roda Viva – Chico Buarque

O meu agora belo
O seu agora sombrio
O nosso fim igual

(Ficou na métrica, Bianca?)

30 07 2009
Tiago Moraes

“Nem tudo são flores
Nos meses de primavera.
Voam marimbondos…”
(Leila Míccolis)

1º ano “B”

30 07 2009
Natália Kelsch

“Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento.”
(Clarice Lispector)

degrau a degrau
se faz a espiral da vida
– ignorando o rumo!
(Carlos A. Silva)

Natália Kelsch (1° A)

30 07 2009
felissacalado

1- ”Mas é doce morrer nesse mar de lembrar e nunca esquecer se eu tivesse mais alma pra dar eu daria”
(Djavan – linha do equador)

2-Andei nas ruas
olhei pra os mares.
descansei nos sonhos.

Felissa Calado 1B

30 07 2009
hannahriff

Professora, encontrei um haikai que não é de minha autoria, mas eu achei bonito e acho que poderia ser botado em uma lápide.

um dia alguém deduz
felicidade
tem a velocidade da luz
(Alexandre Brito)

observando agora, creio que esse haikai não seja correto, pois não é 5-7-5, não é?

agora vai uma citação para a minha lápide.
“Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento.” (Clarice Lispector)

30 07 2009
Arthur Amorim

1- O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece, não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal; não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. (1Cor. 13:4-7)

2 – A dor da paixão
faz ferir o coração
matar solução?

Arthur Amorim 1 º D

30 07 2009
danielbelian

Foi nas sortes do orkut 🙂

30 07 2009
nando27118

Seja a mudança que você quer ver no mundo…
(Prision Break)
Fernando 1D

30 07 2009
ileanajustiniano

Viveu, riu, sonhou
Sem parar, sem cansar
Até a morte chegar.

Ileana 1B

30 07 2009
Danilo Galindo

Cheguei com meu
universo e aterriso
em seus pensamentos

30 07 2009
Catarina Farias

Professora achei essas citações lindas e me identifiquei muito com elas, a de Chico já conhecia mas a de Charles não, porém gostei tanto dela que terminei colocando as duas. ;D

“Embora não possamos voltar atrás e fazer um novo começo, podemos começar agora e fazer um novo fim.”

Chico Xavier

“Bom mesmo é ir a à luta com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e viver com ousadia, pois o triunfo pertence a quem mais se atreve. E a vida é muito para ser insignificante.”

Charles Charplin

30 07 2009
José Arthur Viana de Oliveira Pimentel

A moça viúva
chora a perda do homem amado
e seus sonhos são enterrados

José Arthur Viana de Oliveira Pimentel
1 ´F´
Bianca é válido como haikai?

30 07 2009
Matheus Ciarlini

1- “Todo ponto de vista é a vista de um ponto, e ponto. E se o ponto for um ponto final? É o ponto para o novo início.” Professor de Filosofia com complemento do aluno Lucas Santos 1ºB
OBS.:Considere o ponto final como a morte.

2-
Acordei
estranhei, me acostumei
Durmo novamente.

30 07 2009
Carla Ferraz

“Há momentos na vida em que sentimos tanto a falta de alguém, que o que mais queremos é tirar esta pessoa de nossos sonhos e abraçá-la.”
Clarice Lispector

Uma dúvida Bianca, é obrigatório fazer os dois itens (citação e haikai) ou só um é o suficiente?

30 07 2009
rafavilarim

Vivo em grupo,
Nasci distante,
Continuo por perto.

Rafael Vilarim 1ºF

30 07 2009
joaovictorgomes

“Ser feliz não é conseguir o que deseja, é desejar o que já possui.” (Garth Brooks).
Achei essa citação excelente e resolvi postá-la aqui.

Citação de Haikai:

“caído, um corpo
acabado, um sonho
imóvel, um morto”
(Carlos Seabra).

João Victor 1ºA

30 07 2009
rafaelalves94

“Nós poderíamos ser muito melhores se não quiséssemos ser tão bons.”
(Freud)

Rafael Alves 1ºC

30 07 2009
Fernando Lima

Professora, depois de pensar um pouco, cheguei nessas duas frases:
Enquanto a cor da pele for mais importante que o brilho dos olhos, sempre haverá guerra.
(Bob Marley)
Não viva para que sua presença seja notada, mas para que sua falta seja sentida.
(Bob Marley)

Eu pensei nesse Haikai depois de ir PA igreja e o pastor recitar um versículo bíblico
Haikai
Deus me fez do pó,
Vivi como ele mandou,
Pó voltei a ser.
(se tiver errado me corrija por favor)

30 07 2009
Melyna Cavalcanti

Tão longa a jornada!
E a gente cai, de repente,
No abismo do nada.
(Helena Kolody)

30 07 2009
Maria Augusta

“As lembranças constroem um caminho que chega até o coração e faz com que os amigos sempre se sintam perto, mesmo que em realidade estejam muito longe um do outro.”

Maria Augusta Ferraz – 1ºB

30 07 2009
brunomda

Não consegui me decidir em relação a citação, portanto aqui vão algumas:

1- ” É preciso muito mais coragem para ser uma pessoa simples do que para ser um herói.”
Herman Hesse

2- ” Nenhum lugar fará de você um ser humano; eu estive em todos os lugares e só me encontrei em mim mesmo.”
John Lennon

3- ” A vida é maravilhosa se não se tem medo dela.”
Charles Chaplin

Já que o tema é relacionado a morte, um haikai tanto que relevante:

probleminhas terrenos:
quem vive mais
morre menos?

Millôr Fernandes

Bruno Menezes de Albuquerque 1º F

30 07 2009
isabelabispo

As rosas se fecharam
As luzes enfim se apagaram
E o céu a estrela chamou

Não é nada parecido comigo, mas foi o que eu consegui 🙂

30 07 2009
ileanajustiniano

Duas citações que gosto muito são:

“Se um homem não descobriu nada pelo qual morreria, não está pronto para viver.”
(Martin Luther King)

“Pois bem, é hora de ir: eu para morrer, e vós para viver. Quem de nós irá para o melhor é obscuro a todos, menos a Deus.”
(Sócrates)
Ileana 1B

30 07 2009
Mandz Iumatti

“Não leve a vida tão a sério, afinal, você não vai sair vivo dela mesmo.”
Autor Desconhecido

30 07 2009
José Arthur Viana

Haicai

O dia é noite
ecos entre as cinzas
Sombras, pedras, luas, flores.

José Arthur Viana 1° F

30 07 2009
Mariana

Meu epitáfio:

Não vive quem vive em perpétuo medo da morte (autor: eu)

Meu Um haikai:

festa de flores
a natureza vibra
floresce o amor
(Robert Sheldon)

Mariana Martins 1º C

31 07 2009
stycklu

“Fácil amar o amigo
Difícil amar o inimigo
Mas esse é o caminho que
irá nos levar ao Pai”

31 07 2009
Laura 1º A

“Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento.”

Clarice Lispector

31 07 2009
Rebeca Mota

Professora, peguei um trecho de uma poesia de Clarice Lispector que Lispector com que eu me identifico muito e também uma citação que poderia usar no meu epitáfio:

“Não me dêem fórmulas certas, por que eu não espero acertar sempre. Não me mostrem o que esperam de mim, por que vou seguir meu coração. Não me façam ser quem não sou. Não me convidem a ser igual, por que sinceramente sou diferente. Não sei amar pela metade. Não sei viver de mentira. Não sei voar de pés no chão. Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra sempre.”

“Então entendi que nesta vida tudo o que a pessoa pode fazer é procurar ser feliz e viver o melhor que puder”

Rebeca Mota 1ª A

31 07 2009
Professora Bianca

Aline,

Depois de uma intensa discussão sobre uma elisão e um hiato… Fechou! 😀

A imagem do seu haikai é linda e é muitíssimo condizente com a raiz do haikai, com a tradição deste gênero, que se pautava na observação da natureza. Lindíssimo o seu texto!

31 07 2009
Professora Bianca

Ananda,

Se você encontrar a referência exata a gente corrige, ok? 🙂

31 07 2009
Professora Bianca

Isaac,

Beleza! 😀

31 07 2009
Professora Bianca

Márica Barros,

Fechou a métrica certinha!!! Parabéns!

31 07 2009
Isabela Buarque

Uma frase que me marcou muito e poderia servir de epitáfio:

“Be the change you want to see in the world”
– Prison Break: Episódio Final.

>> Seja a mudança que você quer ver no mundo.

31 07 2009
Professora Bianca

Alexandre (e pessoas),

Sem problema! Vocês podem escolher um ou outro! Só que apenas os haikais autorais concorrem à premiação surpresa, ok?

31 07 2009
Professora Bianca

Pedro Paulo,

Se você quiser candidatar seu texto como haikai, precisa fazer a adequação de métrica, ok? Somou 14 sílabas.

31 07 2009
Professora Bianca

Mayana,

Fiquei toda arrepiada! Aplicada nesse contexto a canção de Milton (que ficou linda na voz de Maria Rita… quem não lembrou, é a música da abertura de Senhora do Destino) é linda de doer!

31 07 2009
Lorraine

“No final, tudo é um humor.” (Charlie Chaplin)

O que antecipamos raramente ocorre;
o que menos esperamos geralmente acontece.
(Disraeli)

Na manhã do outro dia,
o sol a brilhar fazia da manhã um lindo dia,
mas o que não esperávamos aconteceu,
infelizmente uma tempestade apareceu.

31 07 2009
Professora Bianca

Osvaldo,

Não entendi a relação imediata com o contexto. Você pode explicar?

Você está inscrevendo o texto como haikai? Se for, faltam duas sílabas, tá?

31 07 2009
Edise Freire

1 – Não procure ser um homem com êxito, e sim um homem com valores. (Albert Einstein)

31 07 2009
Professora Bianca

Henrique,

O haikai que você citou foi encontrado em que fonte? Ele não fecha as 17 sílabas tradicionais e eu gostaria de checar a corrente do autor! 🙂

31 07 2009
Professora Bianca

Arthur Dubeux,

Seu texto me lembrou imediatamente o sermão de Vieira que eu deixei como primeiro texto da nossa parcial!

Como haikai ainda faltam duas sílabas. Só não entendi por que você usou “sois”. Não consegui compreender a intenção do texto com essa forma verbal.

31 07 2009
Professora Bianca

Rafael,

A imagem do teu texto está ótima!!
Se você for adequar a métrica para participar do concurso, desenvolva um pouco mais: você conseguiu 12 sílabas.

31 07 2009
Professora Bianca

Cassandra,

Lindos, o epitáfio e o haikai que você citou!

31 07 2009
Matheus Ciarlini

1- “Todo ponto de vista é a vista de um ponto, e se o ponto for um ponto final? É o ponto para o novo início.” Professor de Filosofia com complemento do aluno Lucas Santos 1ºB
OBS.:Considere o ponto final como a morte.
2-
Acordei
estranhei, me acostumei
Durmo novamente.

31 07 2009
Professora Bianca

Guilherme França,

A métrica fechou certinha, parabéns!

Quanto à sua citação, achei a frase interessantíssima, mas não a entendi no contexto do epitáfio…

31 07 2009
Professora Bianca

Gabriela Santos,

Caio Fernando Abreu é tuuuuuuuudoooo de bom! Para quem nunca ouviu falar, é um escritor brasileiro da década de oitenta. Ele morreu aos 36 anos, de AIDS.

O teu haikai fechou certinho na métrica Gabi. Parabéns!

31 07 2009
Professora Bianca

Paula,

A métrica é um desafio mesmo! A gente precisa suar um pouquinho para entrar nas regras. Eu mesma me embanano de vez em quando (o meu haikai também teve que ser feito e refeito até eu conseguir fechar as 17). Mas é prática. Com o tempo, vai ficando cada vez mais natural.

Quanto à sua métrica, falta uma sílaba só. Você pode conseguir evitando alguma elisão.

31 07 2009
Professora Bianca

Kevin,

A imagem está linda!! Para concorrer, ajuste a métrica: você somou 13 sílabas.

31 07 2009
Professora Bianca

Lindos lindos lindos, Marina!!!

Eu fico TÃO orgulhosa de vocês quando vocês fazem essas coisas! 😀

31 07 2009
Professora Bianca

Danilo,

Juro que não entendi! Por favor contextualiza essa citação, ou eu não posso considerar sua participação válida.

31 07 2009
Professora Bianca

Maria Eduarda,

Ficou sim, flor! Tá ótimo!

31 07 2009
Professora Bianca

Tiago,

Onde você desencavou esse haikai?!! Hilário ele!! No contexto ficou interessantíssimo!

31 07 2009
Rodrigo Barros

Nasceu e sofreu
Na vida foi ser feliz,
Morreu tentando

Rodrigo Barros 1º C

31 07 2009
Professora Bianca

Natália,

Clarice é tudooooooooo.

De Uma Aprendizagem ou O Livro dos Prazeres temos também:

“Antes de morrer, se vive (…). É uma naturalidade morrer, transformar-se, transmutar-se. Nunca se inventou nada além de morrer (…) Depois de morrer não se vai ao paraíso, morrer é que é o paraíso”

31 07 2009
josecarlosmello

Abro meu armário e vejo
nos sapatos meus caminhos
qual virá no séquito?

Séquito: Conjunto de pessoas que acompanham alguém por dever oficial, ou cortesia; comitiva, acompanhamento
=S

31 07 2009
Professora Bianca

Felissa,

Bons textos! Se quiser inscrever o haikai no concurso, ajuste a métrica!

31 07 2009
Professora Bianca

Hannah,

Na contemporaneidade há autores que distribuem as sílabas fora do padrão 5-7-5, mas mantendo as 17 sílabas e afirmam que o texto continua sendo um haikai. Como os gêneros mudam com o tempo, há quem concorde com as alterações e há quem defenda a tradição. Então, não há uma resposta pronta para sua pergunta.

Já que você citou Clarice, faço outra citaçaõ, também de de Uma aprendizagem ou O Livro dos Prazeres:

“Estar viva está me matando aos poucos, e eu estou toda alerta no escuro.”

31 07 2009
Professora Bianca

Arthur,

A métrica tá certinha, mas acho que falta algo na pontuação… que tal um dois pontos entre as duas palavras do último verso?

31 07 2009
Professora Bianca

Belian,

Só posso emitir uma coisa sobre isso:

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Foi ÓTEMOOO! 😛

31 07 2009
Professora Bianca

Ileana,

Falta apenas uma sílaba, flor!

31 07 2009
osvaldohenriquec

Bianca, realmente, não há relação. Observe este agora:

Morrer é nascer
nascer é viver
logo morrer é viver

Osvaldo – 1º ano A

31 07 2009
Professora Bianca

Danilo,

Faça o ajuste da métrica para concorrer ao prêmio surpresa! Faltam duas sílabas!

31 07 2009
Professora Bianca

Catarina Farias,

Citações lindíssimas mesmo! Realmente é muito difícil escolher uma entre elas. Eu também fico com as duas! 😀

31 07 2009
Professora Bianca

José Arthur,

Como haikai, para o concurso, não, está fora da métrica. Mas é um texto coerente com nosso tópico, a participação está válida já! 🙂

31 07 2009
Professora Bianca

Mateus,

Adorei a citação. É uma revisão sua de uma afirmação de Fábio, de Filosofia?

Quanto ao texto, se você quiser inscrever para o concurso, ajuste a métrica, ok?

31 07 2009
Professora Bianca

Carla,

Deixei que vocês escolhessem, ou um ou outro. Mas parece que vocês se empolgaram e muita gente tem feito os dois! 😀

31 07 2009
Raphaela França

Biaaaanca! só você pra me fazer penar hoje! Não consegui criar o tal haikai…
A minha última tentativa ficou assim:

No palco ela vive
Bailarina e artista,
Dançando no céu.

Pois é, ta woor! mas hoje não estou com criatividade nenhuma 😥
Portanto, ai vaí a citação…

Por tanto amor, por tanta emoção
A vida me fez assim
Doce ou atroz, manso ou feroz
Eu, caçador de mim
Preso a canções
Entregue a paixões
Que nunca tiveram fim
Vou me encontrar longe do meu lugar
Eu, caçador de mim.

(Milton Nascimento)

31 07 2009
Gabriela Calabria Lima de Sousa

1- Acho que uma citação que se encaixa bastante no modo como tento levar a minha vida, é essa de Anne Frank:
” Riqueza, prestígio, tudo pode ser perdido. A felicidade em seu coração pode ser diminuída; mas estará sempre lá, enquanto você viver, para torná-lo feliz de novo. ” E acho que se assemelha bastante comigo, vivendo para tornar meu coração feliz o tempo todo!

2 – Vivo a la fênix:
Renascendo
Pra ser feliz de novo

Muito complicado 17 sílabas, mas espero que a ideia tenha sido passada. Renascer toda vez que estou triste, feliz o tempo todo!! Hehe

Gabriela Calabria Lima de Sousa “1º B”

31 07 2009
Matheus Ciarlini

1- Foi fabio que a fez, meu amigo a complementou. E eu achei ela bem no contexto.
2- Acordei
estranhei, me acostumei
Dormi de vez.

31 07 2009
Paula Fernanda

Tava ouvindo uma música e me deu vontade de colocar um trecho dela que gosto muito aqui:
“Todo mundo ama um dia.
Todo mundo chora
Um dia a gente chega
e no outro vai embora”
(Tocando em Frente – Almir Sater/Renato Teixeira)

Em relação ao haikai, acredito que agora esteja certo Bianca 🙂

Temeu a morte
Chorou por causa dela
E por final,
Partiu com ela

Paula Fernanda 1ºB

31 07 2009
henriquefreire

O haikai que citei anteriormente, não é bem um haikai… eu peguei uma frase qualquer e tentei colocar na métrica, por isso considero que ela seja de autoria anônima, pois seria obra minha ela se tornar um haikai, mas eu não poderia levar os créditos para não ser um plágio. Mas acabei de me recordar que essas 17 sílaba eram para ser “poética” e não apenas gramatical, e então há algumas regras, por isso se nos recordarmos veremos que isso não se enquadra como um haikai.

Há um detalhe quanto a este tópico, pois o que nos foi proposto era isso:
“1 – Uma citação (pode ser bíblica, poética, filosófica, não importa)
2 – Um haikai feito por vocês mesmos.”

Se ninguém notou que o haikai era para ser feito “por vocês mesmos”, eu agora faço um protesto a todos aqueles (inclusive eu) que puserem um haikai de outra autoria que não seja você mesmo, pois só deveriam concorrer ao “prêmio” todos aqueles que se esforçaram para fazer o haikai, e não apenas aquele copiar e colar.

Portanto, todavia, entretanto, irei tentar mandar uma por autoria própria e com exatas 17 sílabas poéticas:

>Haikai
Alegrias vividas
Superações ocorridas
São coisas da vida
(Henrique Freire 1ºD)

>Epitáfio
A vida é um ciclo, que chegou ao fim
(autoria própria)

31 07 2009
pwbs

As coisas, em si mesmas, não são grandes nem pequenas, e quando nós consideramos que o universo é vasto, trata-se de uma ideia meramente humana.(Anatole France)

A morte Já é vasta
sem a nossa ajuda
imagine com ela
(Pedro Paulo)

Pedro Paulo 1 F

31 07 2009
valeriauchoa

Eu quebrei tradições. Algumas de minhas tentativas, estão do outro lado das linhas. Nós estamos condicionados a não cometer erros, mas eu não posso viver desse jeito. Sinta a chuva em sua pele, ninguém mais pode sentir isto por você. Viva sua vida com os braços estendidos. Hoje é quando seu livro começa, o resto não está escrito.

Valéria Uchôa 1º C

31 07 2009
Catarina Lustosa

Um gosto de amora
comida com sol. A vida
chamava-se: “Agora”
(Guilherme de Almeida)

Nesta catedral,
quando arde o sol, toda tarde,
sangra este vitral
(Jorge Fonseca Júnior)

Catarina Lustosa 1ª A

31 07 2009
livia furtado

“Liberdade é pouco. O que eu desejo ainda não tem nome.”
Clarice Lispector

31 07 2009
Fabiana Veloso

Haikai:

Só o passado rondando
Minha porta
Feito uma alma

Fabiana Veloso 1°F

31 07 2009
jmaurob

” É mais fácil suportar a morte sem pensar nela do que suportar o pensamento da morte sem morrer .” Blaise Pascal

José Mauro 1 º D

31 07 2009
Danyel Santiago

Danyel Santiago 1º F
Depois de morto quero ser lembrado como um simples mortal.
E uma boa sugestão a ser botada no meu epitáfio é:
“Quem se humilha hoje, será exaltado amanhã”
Jesus Cristo.

31 07 2009
Professora Bianca

Excelente citação, João Victor!

31 07 2009
Professora Bianca

Rafael,

Desafiadora a proposta de Freud, não?

31 07 2009
marcela carvalheira

“Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento.”
Clarice Linspector.

“As vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido.”
Fernando Pessoa

31 07 2009
Professora Bianca

Fernando,

Eu não entendi a primeira citação de Bob Marley no contexto. A segunda está legal.

PA é alguma sigla?? Ou foi erro de digitação?

O haikai tá ótimo! Fechou a métrica sim!

31 07 2009
TerezaCalabria

O sol poente
despede-se lentamente
do ipê no campo.

Tereza Calabria 1º C

31 07 2009
beatriz

O sol poente
despede-se lentamente
do ipê no campo.

Barco de papel
naufraga na torrente
chuva de verão.

Folhas soltas
só uma contra o vento?
Borboleta amarela!

Beatriz Marino Araújo 1ºA

31 07 2009
rafaelalves94

E como professora, Freud falou pouco mais falou bonito!

31 07 2009
Professora Bianca

Melyna, Maria Augusta e Bruno Menezes:

Muito bom, gente!! Parabéns!

31 07 2009
Professora Bianca

Ileana,

Lindíssimas as citações!!

31 07 2009
Professora Bianca

Isabela Bispo,

Como haikai, passou direto nas sílabas, flor! Mas como participação, tá valendo!

31 07 2009
Guilherme França

É, coloquei aquela frase porque também achei bonita. Essa aqui combina mais com o tema: “Obrigado aos que me jogaram pedras, pois foi com elas que construi o meu castelo.”

Também não sei o autor desta frase, ela é muito comum.

31 07 2009
Edise Freire

lutou e venceu
na vida se arriscou
morreu e se fez paz

Fiz o primeiro, mas após fazer a contagem acho que o correto seria assim.

Edise Freire, 1° C

31 07 2009
Felipe Macedo de Morais Pinto

Devia ter amado mais, ter chorado mais
Ter visto o sol nascer
Devia ter arriscado mais e até errado mais
Ter feito o que eu queria fazer
Queria ter aceitado as pessoas como elas são
Cada um sabe a alegria e a dor que traz no coração
Devia ter complicado menos, trabalhado menos
Ter visto o sol se pôr
Devia ter me importado menos com problemas pequenos
Ter morrido de amor
Queria ter aceitado a vida como ela é
A cada um cabe alegrias e a tristeza que vier

Trecho de Epitáfio, de Sérgio Britto

31 07 2009
Danilo Galindo

outro epitáfio mais “adequado”.
“A morte não melhora ninguém…”
Mário Quintana

Eu cheguei com o meu
universo e aterriso
em seus pensamentos

31 07 2009
Daniel Campos

Gostaria que pudesse ser lembrado por tornar uma frase tão sábia (dita por um homem tão sábio) em algo concreto e realizado:

“Para que levar a vida tão a sério, se a vida é uma alucinante aventura da qual jamais sairemos vivos?” (Bob Marley)

E o haikai:

Mas eu vivi
E fui vivendo
Até onde eu pude ir

Daniel Campos 1ºC

31 07 2009
Paulo Lima

Na minha vida não existiram recompensas nem castigos- apenas consequências.

(Robert Green Ingerssol)

Paulo Fernando- 1º D

31 07 2009
karllakarimyrodriguesdesouza

” Lua enevoada
o cão e sua solidão
caminham na estrada.”

(Rodrigo Siqueira)

31 07 2009
Professora Bianca

José Arthur,

A imagem poética está LINDA. Para entrar no concurso, só precisa do ajuste da métrica.

31 07 2009
karllakarimyrodriguesdesouza

“O Sentido e a essência não se encontram
em algum lugar atrás das coisas,
senão em seu interior, no íntimo de todas elas.”
(Hermann Hesse)

31 07 2009
Bruna Raphaela 1D

Adorei esse topico sempre tive mania de anotar haikais e lá vai um dos meus preferidos,que se eu não fosse ser cremada gostaria que fosse gravado na minha lápide (que macabro!):

Partida, hora amarga
Enche-se alma de saudades
E os olhos de lágrimas…

31 07 2009
taisst

1-“Eu sou a ressureição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá; e todo aquele que vive e crê em mim nunca morrerá.”(João 11:25-26;Salmo 19:7)

2-para quem caminha
de encontro ao sol
é sempre de madrugada
(Helena Kolody)

Tais Santiago Tavares 1A

31 07 2009
Bruna Queiroz

1- Se viver é isso,
É ser sério o tempo todo,
Prefiro sonhar.
(Bruno Fernandes)

2- Sou como você me vê,
posso ser leve como uma brisa,
ou forte como uma ventania,
depende de quando,
e como você me vê passar.
(Clarice Lispector)

3- Ela acreditava em anjo e, porque acreditava, eles existiam. (Clarice Lispector)

4- O que importa afinal, viver ou saber que se está vivendo? (Clarice Lispector)

Bruna Queiroz 1ºC

31 07 2009
alicesoutomaior

Não acrescente dias à sua vida, acrescente vida aos seus dias. (Harry Benjamin)
1º C

31 07 2009
Professora Bianca

Pedro,

Seu comentário é uma citação ou é um texto criado por você?

31 07 2009
Professora Bianca

Laura,

Eita que vocês gostaram deste texto de Clarice, hein! 😀

Não é reclamação não, eu também amo, tanto que é a epígrafe atual do Literarizando!

31 07 2009
Letícia

“Os covardes morrem várias vezes antes da sua morte, mas o homem corajoso experimenta a morte apenas uma vez.”

William Shakespreare

1 08 2009
Letícia

“A vida é uma simples sombra que passa (…); é uma história contada por um idiota, cheia de ruído e de furor e que nada significa.” (Shakespeare)

1 08 2009
thiagohollanda

Morte é final
nascido o começo
viver ser feliz

1ºD

1 08 2009
Professora Bianca

Rebeca,

Clarice é um luxo mesmo. Só para esclarecer (alguns podem ter dúvida) é legítimo chamar de poesia o texto sim, já que o caráter poético está em todo texto literário. Só não dá para chamar de poema, gênero em que Clarice não se aventurou

1 08 2009
Letícia

“Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido. Eu não: quero uma verdade inventada.”

“Já que se há de escrever, que pelo menos não se esmaguem com palavras as entrelinhas.”

Clarice Lispector

1 08 2009
Professora Bianca

Lorraine,

O último texto do seu post é seu? É uma estrofe interessantíssima. Você gostaria de tentar transformar em um haikai?

1 08 2009
Professora Bianca

Bom, Edise!

1 08 2009
Professora Bianca

Osvaldo,

Ficou ótimo e com métrica de haikai fechadíssima!!

1 08 2009
Professora Bianca

José Carlos,

Muito bom!

1 08 2009
Professora Bianca

Raphaela,

Relaxa, flor, valeu a tentativa!!

1 08 2009
Professora Bianca

Gabriela Calábria,

Realmente, não atingiu as 17 sílabas não. Mas ficou lindo!

1 08 2009
Professora Bianca

Paula,

Fechou a métrica sim!

Tocando em frente tem uma letra lindíssima!

1 08 2009
Professora Bianca

Henrique,

Os haikais que não são autorais foram considerados citações. Por isso eu tenho perguntado em alguns casos, quando não tenho certeza da autoria, se foi uma produção de vocês ou se é uma citação. Assim, quando formos avaliar os haikais para a premiação, avaliaremos apenas os originais, e não as citações.

O seu haikai ficou ótimo, métrica perfeita! E a declaração para epitáfio está apropriadíssima. Parabéns!

1 08 2009
Professora Bianca

Pedro Paulo,

A métrica fechou! Parabéns!

1 08 2009
Professora Bianca

Valéria,

O texto é seu ou é uma citação? Interessantíssimo!

1 08 2009
Professora Bianca

Belas citações, Catarina!

1 08 2009
Professora Bianca

Fabiana,

O seu texto não fechou as 17 sílabas. Para participar como haikai você precisa ajustar.

1 08 2009
Professora Bianca

José Mauro,

Citação apropriadíssima!

1 08 2009
Professora Bianca

Marcela Carvalheira,

Fernando Pessoa é O cara! Vamos falar muito sobre ele nesse semestre. E, embora eu não possa confirmar agora, esse trecho deve ser um verso de Alberto Caeiro. Você apresentou cenas dos próximos capítulos!

1 08 2009
Professora Bianca

Tereza Calábria e Beatriz Marino,

Qual a fonte do texto (no caso de Beatriz dos textos)?

1 08 2009
Professora Bianca

Guilherme França,

Obrigada pela nova postagem!

1 08 2009
Professora Bianca

Edise,

Para participar como haikai, ainda tem pequenos ajustes de métrica. Mas é uma boa participação.

1 08 2009
Professora Bianca

Felipe,

Só complementando: adaptação de texto de Borges por Sérgio Britto, dos Titãs. 😛

1 08 2009
Professora Bianca

Danilo,

O texto do haikai é seu? Está muito bonito.

1 08 2009
Professora Bianca

Daniel Campos,

A proposta para haikai não fechou a métrica em 17. Para participar do concurso você precisa adequar.

1 08 2009
Professora Bianca

Bruna,

Mas um dia não vamos todos morrer? Como pode ser macabro algo tão natural e inexorável?

O haikai é seu? Lindo lindo lindo!

1 08 2009
Professora Bianca

Letícia,

Algumas traduções deste trecho de Shakespeare usam a palavra som no lugar de ruído. E daí se falar quem em Shakespeare o que vemos é puramente som e fúria. Isso te lembra algo? 😛

1 08 2009
Professora Bianca

Thiago Hollanda,

O seu texto não fechou a métrica. Se você quiser propor como um haikai, precisa fazer a adequação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: